Não há dois entrevistados que sejam exatamente iguais. Na verdade, a diferença na maneira como seus participantes experimentam a sua pesquisa pode ter um impacto maior do que você imagina sobre os resultados que serão obtidos.

Quando você está projetando seu questionário, é importante pensar sobre as suas perguntas a partir da perspectiva de seus entrevistados. Você mesmo participaria dessa pesquisa se fosse convidado? Suas perguntas são relevantes? São claras? Fazem sentido?

Entender como se dará a experiência dos participantes vai ajudar muito a desenvolver pesquisas mais envolventes, evitando a fuga antes da conclusão, e consequentemente a obter resultados mais úteis. Neste texto chamaremos atenção a quatro pontos que você deve estar atento.

Ponto 1

Será que os participantes estão interessados no tema da sua pesquisa? Sendo as condições de participação iguais, os participantes que se deparam com tópicos interessantes ficarão mais engajados e estarão mais susceptíveis a fornecer dados melhores e mais confiáveis.

Ponto 2

Quanto que os participantes sabem sobre o assunto da sua pesquisa antes de começarem? Quanto mais familiarizados com o assunto eles estiverem, provavelmente  mais fácil será para fornecerem boas respostas às suas perguntas.

Ponto 3

Com que frequência os participantes são expostos a informações sobre o tema da sua pesquisa? Por exemplo, se você está fazendo um levantamento político, em outubro durante um ano eleitoral, há uma boa chance dos seus entrevistados estarem recebendo uma grande quantidade de exposição à informação política, mesmo se eles não são forem interessados no tema. Esta exposição pode ter um grande impacto sobre a forma como eles responderão sua pesquisa.

Ponto 4

Quanta experiência comportamental seus entrevistados tem com o tema da sua pesquisa? Por exemplo, um ciclista ativo seria um entrevistado muito diferente numa pesquisa promovida por um fabricante de bicicletas em relação a alguém que nunca tenha aprendido a andar de bicicleta. Se a sua pesquisa tem a ver com algo que seus entrevistados têm experiência direta, então é provável que eles vão ter mais interesse e condições melhores de fornecerem dados válidos e confiáveis.

Refletir sobre esses quatro pontos abordados vai ajudar você a montar pesquisas mais envolventes e a selecionar participantes mais valiosos.